Olá visitante

domingo, 22 de fevereiro de 2015

VAI-TE EMBORA SONHO TRISTE

Os sonhos de Salvador Dalí serviram de mote para termos uma conversa em grande grupo sobre o que nós sonhamos. Verificámos que temos sonhos muito bons - que estamos na praia a brincar com a areia, que vamos passear com os nossos pais_, mas às vezes temos sonhos dos quais não gostamos nada - que um dragão nos persegue, que os maus nos querem dar tiros, que o lobo mau nos quer apanhar. 
Em pequeno grupo fizemos o registo pictográfico da nossa conversa.
Alguns de nós dormem com bonecos para não sentir medo. 
Foi assim que apareceu a história " As preocupações do Billy" de Anthony Browne


Este livro conta-nos a história de Billy, um menino que vive preocupado com os seus medos, mas a sua avó encontra uma solução para os combater: a construção de bonecos das preocupações, como fazem as crianças da Guatemala. 


O facto de outras crianças, de países longínquos, terem esta tradição, originou um grande interesse para nós construirmos, também, os nossos bonecos das preocupações.

Primeiro fizemos o projeto e depois mãos à obra:
A construção com tecidos,lãs, botões ...

"Os bonecos das preocupações" concluídos
Para os transportarmos para casa, decorámos umas saquinhas de pano, para irem bem aconchegados.





Agora, ficam connosco, no nosso quarto, para nos fazerem companhia.







Este projeto associado à Arte revelou-se muito rico, com muita participação e interesse das crianças, com a evidência de que a Arte pode ser utilizada como uma estratégia muito positiva no desenvolvimento do currículo na educação pré-escolar.    

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Salvador Dalí



SALVADOR DALÍ
Dando continuidade à exploração sobre insetos, descobrimos que um grande artista SALVADOR DALÍ, pintava formigas nalgumas pinturas, mas ele não gostava mesmo nada delas.
Ficámos admirados com alguns elementos que se encontram nos quadros de Dalí: os relógios derretidos; os elefantes com pernas enormes, os ovos
estrelados…

UAU... É MESMO UM QUADRO ENGRAÇADO!
“ A persistência da memória”


Verificámos que este pintor não representava as coisas como elas são, até parecem sonhos. E foi assim que ouvimos 2 histórias sobre ele e sobre os seus sonhos, que adorámos!